Nicaragua
Dicas

Os 10 países mais perigosos do mundo para visitar

O jornal The Telegraph fez uma lista dos 10 países mais perigosos do mundo para visitar. Guerras civis, conflitos religiosos ou divergências políticas, a verdade é que por todo o mundo há países que não são seguros para os turistas. Descobre na lista abaixo os países para os quais não é seguro viajares.

Mauritania
Fonte da imagem

Afeganistão

Segundo o The Telegraph, «os hotéis e as casas de hóspedes usados por turistas são alvos constantes de ameaças». Se ainda assim quiseres arriscar e visitar o país, certifica-te que estás em segurança e altera regularmente as tuas medidas preventivas. Afinal, o Afeganistão tem locais lindos, como o Minarete de Jam, do século XII, e o Vale de Panjshir.

os 10 países mais perigosos do mundo para visitar
Fonte da imagem

Burquina Faso

Constantemente acontecem ataques terroristas em Burquina Faso. Em 2018, ocorreram pelo menos dois atentados em locais com forte segurança e prevê-se mais. Os viajantes devem ter cuidado todo o ano mas sobretudo nos feriados religiosos, segundo o Ministério dos Negócios Estrangeiros. As ruínas de Loropéni, com mais de mil anos, começam a deixar de receber visitas.

Burquina Faso
Fonte da imagem

Burundi

Burundi tem passado por uma enorme instabilidade política desde a eleição do presidente Nkrunziza, em agosto de 2015. No território, ocorrem diversos incidentes e homicídios, sendo que se fores visitar este país tens de limitar os teus movimentos ao máximo. Uma pena dado que este país tem tanto para oferecer, como visitar o lago Tanganyika ou ouvir os famosos bateristas de Burundi.

Os 10 países mais perigosos do mundo para visitar - Burundi
Fonte da imagem

República Centro Africana

Existem tensões militares e políticas em todo o território, bem como relatos de violência, homicídios, roubos e abuso dos direitos humanos. O Parque Nacional de Manovo-Gounda St. Floris é uma local deslumbrante que os turistas estão a perder a oportunidade de visitar.

Republica Centro Africana
Fonte da imagem

Chade

A probabilidade de ocorrerem ataques terroristas no país é muito alta. Os locais dos ataques são escolhidos ao acaso e incluem pontos visitados por turistas. O risco de rapto também é elevado. O Planalto Ennedi é deslumbrante e é uma pena não receber visitas.

Chade
Fonte da imagem

Iraque

Ainda decorrem muitos ataques contra forças do Daesh em algumas regiões do Iraque. A situação de segurança no país ainda continua instável e pode deteriorar-se a qualquer momento. Existe o risco de ataques terroristas em qualquer parte do país e o perigo aumenta durante as datas religiosas. A cidade de Samarra é incrível e estaria na maioria das listas dos turistas, se fosse segura de visitar.

Samarra Iraque
Fonte da imagem

Líbia

A segurança local é quase nula e pode não ser suficiente em algumas situações. Existem várias tentativas de atentados na Líbia e os grupos Daesh e a Al Qaeda costumam dirigir ataques e raptar colaboradores de grandes empresas petrolíferas. Com segurança, não deves perder a oportunidade para explorar a antiga cidade romana de Léptis Magna.

Libia
Fonte da imagem

Mali

Existe sempre risco de ataques de milícias mas os visitantes têm de estar constantemente atentos a tentativas de rapto. Em pontos turísticos, religiosos ou em locais menos conhecidos, deves seguir sempre os concelhos das autoridades locais e não dar nas vistas.

Mali
Fonte da imagem

Mauritânia

Na Mauritânia, existem várias células terroristas que tentam executar ataques, incluindo raptos. Precisas de ter o dobro da atenção em áreas públicas e monitorizar os meios de comunicação locais. Muitos atentados ocorrem em pontos turísticos. Nos dias de hoje, as belas paisagens do deserto de Barren e as incríveis praias do país recebem muito poucos visitantes.

Mauritânia
Fonte da imagem

Nicarágua

Desde abril de 2018, que existe um clima de instabilidade política e violências nas ruas das cidades da Nicarágua. Nestes conflitos, já morreram mais de 200 pessoas e na região de Masaya há uma maior intensidade de protestos. Apesar de existirem muitas manifestações pacíficas, a qualquer momento, estas podem tornar-se violentas. O Parque Nacional de Volcán Masaya e a reserva natural Volcán Mombacho são dois pontos turísticos que todos estamos a perder a oportunidade de visitar.

Países perigosos
Fonte da imagem

Fora deste ranking do The Telegraph ficaram países como a Nigéria, Coreia do Norte, Somália, Sudão, Síria, Venezuela e Iémen, que também estão a passar por conflitos e divergências políticas.

Gostaste deste post? Então, guarda-o no Pinterest!

You may also like...

1 Comment

  1. Parecem-nos todos países lindos. Pena que nós, humanos, no geral, não saibamos manter a beleza da Natureza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *