Num dia chuvoso (nada comum na Irlanda!!), viajei de autocarro de Dublin até Belfast, na Irlanda do Norte. Na chegada a Belfast, lembrei-me de imediato de Londres e comecei logo a notar diferenças entre Belfast e Dublin. Em Belfast, os táxis são ao estilo de Londres, as ruas são mais “pesadas” e sombrias e o estilo arquitectónico dos edifícios é grandioso e ao estilo londrino. No post de hoje, trago-vos 5 locais que não podem perder em Belfast, a cidade do Titanic. 

Lê também: Dublin: 10 Locais a não perder

Belfast City Hall

A construção do Belfast City Hall terminou em 1906. Foi construído para celebrar o reconhecimento de Belfast como cidade pela rainha Vitória em 1888. 

O interior do edifício é uma homenagem a todos aqueles que morreram no naufrágio do Titanic. A entrada no Belfast City Hall é gratuita e são vários os motivos de interesse, entre os quais se destacam a Grande Escadaria, a Sala de Receção, o Grande Salão e o Titanic Memorial Garden. 

Belfast City Hall

Tour de Street Art

Belfast é uma cidade vibrante e jovem. Parte da história da cidade pode ser vista nas fachadas dos edifícios espalhados pela cidade. Existem várias temáticas retratadas, desde a política à guerra civil. É só estar atento que não faltam retratos do sucesso artístico e intelectual da cidade. 

Tour de Street Art

Pubs

O Cathedral Quarter é a zona mais agitada da cidade e concentra os pubs mais famosos da cidade, destacando-se The Dark House (tem um dos portões de Game of Thrones), Duke of York, The Harper Bar e Sunflower. 

A Bradbury Place é outra zona de pubs. Esta área é menos turística e fica perto da Queen’s Universtity. É mais frequentada por moradores e estudantes, tornando os preços mais baratos. 

pubs belfast

Titanic Museum e SS Nomadic

O principal símbolo da cidade de Belfast é sem dúvida o Titanic e, por toda a cidade, encontramos símbolos associados ao navio. A capital da Irlanda do Norte já foi o maior polo da indústria marítima a nível mundial, com a sede da empresa que construiu o Titanic – H&W.  

O museu do Titanic foi edificado em frente ao cais onde foi construído o Titanic e o seu gémeo, Olympic. O museu conta toda a história do navio, desde a sua construção até à degradação da empresa que o construiu e da própria cidade de Belfast. 

É possível ver como eram as cabines de primeira, segunda e terceira classe, ver relatos de sobreviventes, visitar digitalmente os andares do navio, entre muitas outras coisas. 

A visita ao museu do Titanic inclui a visita ao SS Nomadic, o único navio da White Star Line, a empresa responsável pelos direitos do Titanic, a existir atualmente. O SS Nomadic transportou passageiros desde Cherbourg, na França, até ao Titanic. Neste navio é possível ter uma ideia mais real do interior do Titanic e da sua grandiosidade e bom gosto.

Perder-se nas ruas 

Há melhor maneira para descobrir uma cidade? Acho que não!! Em qualquer cidade é sempre bom reservar algumas horas para partir sem destino e descobrir os cantinhos que não aparecem nos roteiros. 

belfast irlanda

Espero que tenham gostado deste post sobre Belfast e que fiquem desse lado a aguardar pelo post sobre os últimos locais que visitei – Cork e Blarney, no sul da Irlanda. 

Já estás a pensar na próxima viagem?

Quando viajamos, aproveitamos sempre as melhores ofertas da Booking.com. É o nosso site preferido para encontrar os melhores preços! Não deixes fugir as promoções e faz a tua reserva através do nosso link. Dessa forma, estás também a dar-nos uma ajuda. Obrigada!


Gostaste deste post? Adiciona-o no Pinterest!

Belfast locais a visitar
belfast 5 locais a não perder
belfast 5 locais a não perder